Quatro dias de magia

Estive muito tempo a olhar para esta página em branco e a pensar… Como raio vou resumir aqui os dias maravilhosos, mágicos e perfeitos que passei na Disney!? Não sabia mesmo por onde pegar…
Nota: Para informações específicas sobre como organizar esta viagem, clicar aqui.

Sou uma fã incondicional da Disney, desde as BD e do Pato Donald até ao Frozen e à Moana. Sou daquelas que canta Let it Go e We Know the Way a plenos pulmões e que ainda acredito que um dia vou ter poderes de gelo e mandar raios azuis… Percebem o problema!?

Para além disso sou apaixonada por tudo o que sejam decorações de Natal, e não só fui à Disney, como fui nessa altura… Magia a duplicar, a triplicar, a quadruplicar, … !!

Oh boy. Vamos lá tentar começar isto… Arranjar um sistema…


*******

Um momento surpreendente e memorável

Durante as horas mágicas, logo de manhã cedo, estar a descer pela rua principal do parque Disneyland e começar a ouvir uns sons… tipo pozinhos mágicos a caír… Eu e toda a gente a olhar em volta em expectativa, sem saber o que vinha aí.

Acho que o vídeo acima explica tudo.


As minhas atracções favoritas

Todas as montanhas russas! Destaque para a Rock’n’Roller coaster, que parece que nos leva a voar (com muita turbulência) pelo meio de um concerto brutal. E para a Big Thunder Moutain, que na segunda vez que andei vi o início do fogo de artifício de fecho do parque lá de cima, de sorriso na cara e cabelos ao vento! E a Crush’s Coaster, cheia de voltas e reviravoltas e quedas arrepiantes, que por um lado me fazia gritar de pânico e ao mesmo tempo quase chorar a rir de pura diversão!

Lá está… Eu bem tento resumir… Mas falaria de cada uma delas com saudades, como se de amigos se tratassem. Juro que estou a escrever isto a sorrir. OU SEJA, andem em todas!!! É o melhor conselho que posso dar.

As minhas atracções favoritas para além das montanhas russas

Não vou entrar em pormenores para não estragar nada a ninguém, mas recomento VIVAMENTE: Ratatouille (Walt Disney Studios) e Star Tours (Discoveryland). Ah, e no Walt Disney Studios façam o Studio Tram Tour, e depois agradecem-me.

E basicamente tudo na Fantasyland! Ou tudo em tudo quanto é sítio! Ok, estou a tentar controlar-me, mas é difícil…

Uma memória traumática 😀

It’s a small world, com música de Natal. Se esta atracção me tivesse fotografado sairia algo como a fotografia do Burro e do Shrek, quando estão a ver a apresentação de Duloc (vídeo). Pensei que ia morrer ali, às mãos de milhares de Chuckies.

Ah, e já agora… A Branca de Neve e os Sete Anões, aquele final… Tapem os olhos às crianças! Não digam que não vos avisei…

Um restaurante que recomendo

Agrabah Cafe, no parque Disneyland, Adventureland. Sim, Agrabah do Aladino! Visualizem – isso tudo e muito mais. A comida estava excelente, saír um pouco dos nossos hábitos europeus, comi kebab e comi humus, e muito mais coisas deliciosas. E de sobremesa… baklavas! Tudo isto no ambiente do meu amado filme, e a música Um Mundo Ideal na cabeça. Memorável!


Pudemos usar os nossos vouchers mas tivemos sorte que a anfitriã até foi com a nossa cara e nos arranjou uma boa mesa, porque pelo que percebi é muito difícil ter lugar. Dica valiosa: façam reserva!

Os espectáculos e desfiles valem a pena!

Tinha tanta coisa na lista de desejos que os desfiles não estavam nas prioridades… Vi o primeiro por acidente, porque ficámos “presos” (eles vedam os acessos normais nos parques para controlar as pessoas). E ainda bem! Que maravilha!! Que lindo!!! Não vale a pena tentarem pensar que aquilo são pessoas mascaradas, porque automaticamente acreditamos as nossas personagens favoritas estão mesmo ali! Espectacular.

Os dançarinos e coreografias, a caracterização, …! É como digo, ficava aqui dias a descrever e elogiar. Vão lá ver! Há desfiles diferentes com diferentes temas. Vi todos.



O espectáculo de fecho do parque Disneyland com video-mapping só vi uma vez completo, e adorei claro (só tenho pena que metam as canções todas em francês)!!! O fogo de artifício a enquadrar o castelo é uma visão perfeita! E pela primeira vez na história dos parques estava a realizar-se um espectáculo de fecho no Walt Disney Studios, cujo tema era O Natal do Pateta, e esse então foi o auge total!!

E não se esqueçam de ver o Frozen Sing along, na Frontierland. Até neva lá dentro! As crianças deliram e é impossível ficar indiferente à atmosfera de magia.

As decorações de Natal

Para mim a ideia do Natal, de aconchego e solidariedade, e as decorações e luzes são mágicos por si só. Assim que decidi visitar a Disney este ano, soube que queria ir no Natal. E fiquei tão mas tão feliz com essa escolha! Como explicar? Vou tentar assim: se acham que gostam da época de Natal e dos factores que referi, preparem-se para ficar tão extasiados que nem sabem para onde virar os olhos (e a câmara) primeiro.



Acho que nunca tinha visto um sítio tão brilhante e bonito antes! Superou as expectativas, que inconscientemente estavam bem altas. E não, nunca passámos frio. Se estão a questionar-se “vale a pena ir nessa altura?” a resposta é SIM!

Uma viagem dentro da viagem

Ir à Disney, com a disposição e humor correctos (e gosto!), é muito mais que visitar um parque de diversões. Em cada sala em que entramos, cada mundo diferente dentro dos parques, temos sensações diferentes. Somos constantemente transportados para novos cenários, planeados ao mais ínfimo pormenor para nos colocar num mundo que se não fosse assim só existia na imaginação. Coisas de sonhos!


Saboreiem cada pormenor.

Umas dicas que me esqueci de referir no artigo anterior

Usem a aplicação da Disney para ver os horários dos espectáculos e acima de tudo o tempo de espera nas diferentes atracções. Dá imenso jeito!

Aproveitem as horas mágicas para explorar o castelo encantado e visitar o dragão.

*******

Para já despeço-me com um último vídeo… Que, como todos os outros, deve ser visto com o som ligado. 🙂

4 thoughts on “Quatro dias de magia

Add yours

  1. A Disney é sonho, magia, divertimento e sinónimo de muitos momentos felizes. Ainda que algumas histórias da Disney ( a par de outras) passem imagens e estereótipos de género a que devemos prestar atenção, na minha opinião, claro. Mas também adorei a Disney, e voltava (mesmo atenta a essas questões) porque viver sonhos é das melhores coisas da vida. Está perfeita a descrição, as explicações, sugestões, fotos e vídeos 😉

    Liked by 1 person

  2. Claro, as princesas clássicas são quase uma ofensa às mulheres… Salvo algumas excepções. Mas fora isso acho que têm vindo a fazer histórias bonitas e cativantes, e com bandas sonoras inesquecíveis (a minha parte favorita). E o que sempre gostei imenso e me marcou muito foram as bandas desenhadas que lia quando era mais nova. Foi com essas que me iniciei nas histórias de mistério e de detectives! 😀
    Obrigada pelo comentário Antónia 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Um Site da Web WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: