Planear uma viagem

Há vários tipos de viajantes e maneiras de fazer isto, mas no meu caso sou sempre motivada por um feeling. Muitos dos meus passeios surgiram-me na ideia sem razão aparente, como uma inspiração súbita. Decido que naquele mês gostava de ir aqui ou ali, e depois vejo se é possível. Se for possível, vou. Acima de tudo gosto de intercalar os meses de trabalho e rotina com o explorar de lugares novos, pois sei que isso me faz feliz e renova as energias.

Quando tenho que planear uma viagem a primeira coisa que faço é definir uma data possível, pelo menos tento ter a ideia do mês em que quero viajar. Depois defino o destino, ou no máximo três destinos possíveis, retirados da lista mental que tenho feita. Nesta fase faço pesquisas nos três pontos seguintes:

1. Voos
Tenho alguma liberdade de horários pelo que pesquiso sempre as datas em aberto, e tento viajar nas que ficam mais em conta. Em fase inicial utilizo motores de busca como o Skyscanner ou Momondo, no entanto compro sempre os bilhetes directamente no site das companhias aéreas e nunca por terceiros.

2. Alojamento
Opto sempre por sondar os preços e disponibilidade de hotéis antes de reservar qualquer viagem. O alojamento e respectivos preços podem determinar se um destino é viável ou não, para aquela altura.

3. Transportes / Deslocações no destino
Seja pelo preço dos transportes públicos, pela eventual necessidade de alugar carro ou adquirir bilhetes de comboio, este ponto poderá pesar no orçamento, e por isso vale a pena sondar o mais cedo possível.

IMG_9616-1.jpg
De passeio por Estocolmo

Após esta análise já terei o destino definido, e posso então comprar os bilhetes de avião e reservar os alojamentos. Depois há que tratar dos pontos seguintes:

4. Transferes
É sempre vantajoso saber como vamos do aeroporto para o nosso alojamento com antecedência, sendo mais ou menos importante dependendo do tipo de destino e das opções que oferece. Começo normalmente por sondar os transportes públicos, que à partida serão a escolha mais barata. Por vezes o próprio hotel oferece ou organiza transfer por um preço simpático, vale sempre a pena perguntar.

5. Actividades
Gosto de saber com antecedência que atividades vou querer fazer no destino, e se possível até levar os bilhetes já comprados. Por exemplo em Roma queríamos ir aos Museus do Vaticano e comprámos os bilhetes pela internet, algumas semanas antes da viagem. Nalguns casos comprar com antecedência até garante melhores preços, e há sempre a vantagem de evitar as filas. Para além disso isto permite definir ainda melhor o orçamento, uma vez que muitas vezes as actividades encarecem bastante a viagem.

6. Saúde & Seguro de viagem
Para viagens na Europa levo sempre comigo o Cartão Europeu de Seguro de Doença, que no meu caso foi emitido pelo sistema nacional de saúde da Noruega e assegura que eu seja tratada noutro país como seria aqui.
Agora que vou para a Tailândia, por exemplo, vou querer fazer um seguro de viagem. Isto para garantir que, caso algo mau aconteça (esperemos que não!), não estarei abandonada à minha sorte.
Por último é indispensável ir à consulta do viajante, ou falar com o nosso médico de família e informarmo-nos atempadamente sobre vacinas ou precauções indispensáveis no país onde vamos estar. “Mais vale prevenir que remediar”.

Samana_lugarajanela.com
Piña Coladas, num almoço em Samaná

E pronto, estes são os pontos principais que gosto de abordar para delinear o plano de uma viagem. Como preferência pessoal viajo habitualmente só com bagagem de mão, e hoje em dia com as limitações nos líquidos isso também dá um certo trabalho para planear, mas poderá ficar para outro artigo.

Espero que gostem… boas viagens!

7 thoughts on “Planear uma viagem

Add yours

  1. Olá Maria 🙂
    Ora aqui está um texto bastante útil, capaz de inspirar um viajante ávido de novas experiências.
    Em termos gerais, tenho por hábito seguir (passo a passo) a cronologia de planeamento que aqui deixaste. Por norma, a ideia que tenho – seja por desejo antigo, seja por influência de outrém – começa a ser posta em prática com pesquisas sobre voos (dentro de datas específicas para o efeito). Mais tarde, dou uma olhadela ao alojamento, transportes e actividades (excursões). O plano não difere muito. E, é tão boa a fase da pré-viagem…

    Liked by 1 person

    1. Uma grande verdade, que já por várias vezes me estragou os planos… Obrigada pelo comentário Patrícia. 🙂
      Infelizmente no Portal não os posso colocar, mas aqui no Lugar à Janela continuarei sem dúvida a partilhar artigos do género, pois dá-me imenso gosto!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Um Site da Web WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: