160 bpm

Este ano tem sido cheio de surpresas e notícias – umas melhores outras piores – que têm posto à prova a minha capacidade de adaptação e de me manter positiva. Entre elas, a maior e mais assustadora de todas… A mais inesperada e surpreendente… Tu. Quando soube que estavas aí não consegui acreditar, não conseguia assimilar, até ao momento em que vi e ouvi o teu coração bater pela primeira vez – a 160 batidas por minuto.

Chegaste de repente e deixaste-me desamparada, nem vir aqui escrever conseguia, porque tudo aquilo em que pensava e tudo aquilo que sentia passava por ti. Hoje resolvi deixar todos os medos de parte e assumir isto, vir aqui contar aos meus leitores que … estou grávida!

Inevitavelmente, sendo o Lugar à Janela o meu cantinho, a história da minha gravidez terá de fazer parte dele. Tem sido uma jornada cheia de curvas e contracurvas e isto ainda agora começou… Felizmente tudo o que a ela estiver associado trará também novas vivências na Noruega, pelo que não fica fora do tema do blogue.

Como pessoa que acredita que as coisas acontecem por uma razão ainda estou meio atordoada com esta “coisa”, mas acho que já percebi a ideia, acho que sim…

Assim de repente, se tentar olhar para trás e pensar se tenho algum tema para vos escrever, eles são mais que muitos…! Ter um filho na Noruega quando se vem de outro país… Acreditem… Dá “pano para mangas”! Mas acho que ainda não estou pronta para ir tão longe. Se conseguir publicar isto hoje, já vou com sorte. 😀

Facto #1: A minha vida está prestes a mudar, para sempre, em todos os aspectos.
Facto #2: Nunca me senti tão feliz e certa de que isto vai ser maravilhoso.
Facto #3: Mal posso esperar por viajar com o Cotãozinho (é isto que eu o F lhe chamamos)!

Até à próxima. É bom estar de volta, sem bloqueios. 🙂

_______

Segue o Lugar à Janela nas redes sociais! 🙂
FacebookInstagramPinterest

 

19 thoughts on “160 bpm

Add yours

  1. E aproveita cada momento da gravidez e do “cotaõzinho” …passa rápido, acredita! Desejo tudoooooo de bom e que esta nova realidade seja a mais fantástica de sempre. Bjinhos nos vossos corações.

    Liked by 1 person

  2. Desejo toda a felicidade para a já família!
    Aproveite cada momento (e neste momento só interessam os bons), porque se seguirá um tempo único e irrepetível, mesmo que outros filhos venham a seguir. Porque o sentir será sempre diferente.
    Uma dica: vá registando e guardando as datas importantes, seja antes, seja depois dele nascer: quando soube que ele existia, quando o sentiu/viu na eco pela primeira vez.. primeiro sorriso…gracinhas…etc…etc
    Um dia, daqui a muitos anos, vai adorar ver a alegria dos seus filhos quando, da forma que melhor escolher, partilhar essas datas e momentos com eles.
    Não confie só na memória, confie em datas e no papel e no lápis! Esses não têm bugs nem virús!
    Muitas felicidades!

    Liked by 1 person

    1. Escrevo muito para mim mesma (no papel), mas admito que não tenho sido tão “atenta” a esses marcos e pequenas memórias, não os tenho registado para além da memória. Certamente me arrependerei, mas vou tentar lembrar-me desta dica e anotar o máximo possível. Tem sido tudo novo, tanta coisa…! Certamente que sabe do que falo. 🙂 beijinhos

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Um Site da Web WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: