Viagens

Férias em Santorini

Férias_em_Santorini

A época Natalícia é a altura certa para sonhar e pensar nos nossos desejos, e como estou cheia de saudades de viajar (isto é sério!) vim partilhar convosco o vídeo e algumas notas das nossas férias em Santorini. Esta foi a “lua-de-mel” do ano passado!

Passámos por lá uma semana, em Junho, e tivemos o cuidado de adequar a visita e roteiro à nossa preferência por lugares menos massificados, fugindo das multidões e procurando sempre o lado autêntico da ilha. Santorini é sem dúvida lindíssima e única, mas pelo tipo de público que atrai e sucesso que tem atingido nos últimos anos sabíamos que a linha entre o encanto e o susto seria ténue. Orgulho-me de como concretizámos esta viagem, do alojamento que escolhemos e dos nossos locais de eleição. Planeámos tudo à nossa medida, com cuidado, e foi um sucesso!

Aqui fica o vídeo destas férias, para ver em HD:

> Organização viagem

Voo:  Fomos com a Norwegian, muito pelo facto de voarem directos de Oslo para a ilha.

Aluguer de carro: Escolhemos a Motor Inn, uma pequena agência local sobre a qual encontrei boas referências. Aterrámos em Thira a meio da noite (o preço não monetário de um voo low-cost…) e tivemos que garantir que não ficávamos ali abandonados sem transporte nem refúgio para dormir umas horas, já que para essa noite não reservámos hotel. Pagámos um extra e quando saímos do aeroporto tínhamos alguém da Motor Inn à nossa espera para nos entregar o carro. Serviço impecável e nada a apontar.

Alojamento:

Na primeira parte das férias ficámos no Mare Nostrum Santo, uma aposta arriscada pois tinha aberto há pouco tempo e pouco sabíamos sobre o hotel. O preço aqui pesou muito porque encontrar alojamento naquela ilha para um orçamento limitado não é tarefa fácil… Os gregos abusam e o turista paga! Aqui evitámos a história da vista para a Caldera, escolhemos uma localização mais interior e rural e não nos arrependemos. Poupámos dinheiro, ganhámos sossego e o pôr-do-sol foi fantástico na mesma. Estadia de uma qualidade irrepreensível.
Nos últimos dois dias e última noite decidimos (foi o F que pediu…) fazer uma loucura e reservámos uma junior suite com jacuzzi privado e vista priveligiada para a Caldera no Gizis Exclusive Santorini, em Imerovigli. O hotel não me impressionou – sou muito exigente quando me cobram 300€/noite – mas a vista em si e a experiência que proporciona são algo que não posso deixar de recomendar a quem for a Santorini e puder fazê-lo. É qualquer coisa do outro mundo, toda aquela imensidão de azul, o pôr-do-sol a emprestar gradualmente o seu tom dourado às falésias escuras… Isto tudo apreciado com privacidade, romance e a nossa cara metade ali ao lado… Não há palavras, ficou na memória.

> Locais visitados

Kamari: Amanhecer fantástico! Excelente praia e zona pedonal para umas férias de descanso e engorda. E não, não tem areia branca. Santorini é uma ilha vulcânica e nas praias andamos sobre pedras em tons monocromáticos – coisa que eu adorei.

Oía: A pequena localidade que aparece em todos os postais de Santorini, com as casinhas brancas na falésia. Uma beleza memorável mas com gente a mais, selva de selfie sticks e turistas sem ponta de noção a empurrar-se uns aos outros pela “foto perfeita”. Muita superficialidade junta, num sítio tão delicado e lindo. Mesmo assim… UAU, ainda bem que lá estive e vi com os meus próprios olhos. Vão! Indicada para um jantar romântico.

Akrotiri: Uma localidade mais pequena e pacata na ilha, perfeita para descontrair, longe das multidões. Aconselho a subida ao castelo. Aqui foi possível ver autenticidade, como os gregos vivem. Aproveitámos para comprar umas lembranças numa loja local. As marcas da crise económica pela ilha são notórias e dão que pensar, num destino que tanto ganha com o turismo de luxo…

Black Beach e Red Beach: Vistas obrigatórias em Santorini, rendem bonitas fotografias. Nada de especial a apontar, excepto que o acesso poderá ser complicado consoante o meio de transporte que escolherem.

Perissa: Outra localidade com praia, à semelhança de Kamari, mas esta mais virada para festas e talvez com um público mais jovem. Muitos bares, ambiente animado e música o dia todo. Aqui já se encontra areia escura e menos pedras.

Imerovigli e Firostefani: Mais duas excelentes opções para passear e fazer refeições. Na minha opinião a vista para a Caldera é mais bonita aqui do que de Oía, oferece um pôr-do-sol hipnotizante.

Fira: A “capital da ilha”, que nós detestámos. Gente a mais, ruas estreitas para tanta confusão e muito consumismo! Visita indicada para quem quiser fazer umas compras. Para nós, foi chegar e ir embora. Recomendo o caminho a pé entre Firostefani e Fira, junto à falésia.

//

E pronto, é isto. Pude acalmar um bocadinho a minha ânsia de partir, revisitando estas férias, que foram tão boas! Agora vou alimentar o Cotãozinho porque ele não pára quieto, estou sentada há muito tempo e a fera despertou. Parece que está a dançar o Vira dentro da minha barriga…

Bom fim-de-semana e, se não nos “virmos” até lá, FELIZ NATAL! 🙂

~~~~~~~
O Lugar à Janela nas redes sociais:

FacebookInstagramPinterest * Twitter

2 opiniões sobre “Férias em Santorini”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s