Pensamentos Aleatórios

O poder das pequenas coisas

Nota para quem acompanha o blogue há mais tempo: 
Hoje, e com este post, inicio uma rúbrica de opinião aqui no blogue sobre os livros que vou lendo. Porque vocês me pediram!
A partir de agora se acederem a Pensamentos Aleatórios e depois a Ler à Janela (no menu principal, topo da página) poderão consultar todos os artigos deste tópico. Espero que gostem! Obrigada pelo apoio. 🙂 

opoderdaspequenascoisas_LAJ

Título original: Small Great Things
Título em português: O poder das pequenas coisas
Autor(a): Jodi Picoult
Ano de publicação: 2016
Número de páginas: 512

> Resumo

“Ruth Jefferson é uma enfermeira obstetra com mais de vinte anos de experiência. Um dia, durante o seu turno, começa uma avaliação de rotina a um recém-nascido. Minutos depois é informada de que lhe foi atribuído outro paciente.
Os pais do bebé são supremacistas brancos e não querem que Ruth, afro-americana, toque no seu filho. O hospital acede a esta exigência, mas no dia seguinte o bebé enfrenta complicações cardíacas.
Ruth está sozinha na enfermaria. Deve ela cumprir as ordens que lhe foram dadas ou intervir? O que se segue altera a vida de todos os intervenientes e põe em causa a imagem que têm uns dos outros.” (fonte: Goodreads)

> A minha opinião

Torna-se quase irónico abrir o Ler à Janela com esta obra, uma vez que este não é de todo o género que costumo consumir… No entanto a Jodi Picoult já por várias vezes me tinha sido recomendada, e em jeito de pausa dos meus amados thrillers resolvi dar-lhe uma hipótese.

Li-o na versão original e em formato digital, portanto não poderei emitir opinião relativamente à tradução para português.

Livro leve e fácil de ler, com muitas passagens bonitas – a autora sabe claramente apelar ao lado feminino e sensível do leitor – mas em termos de conteúdo e consolidação da história foi deixando um pouco a desejar. Achei que alguns pormenores não faziam sentido, parecendo-me que só foram inseridos para gerar drama, não sendo bem desenvolvidos e pouco acrescentando ao enredo. Na minha opinião o livro não precisava de ser tão longo, havendo partes da história que se arrastaram desnecessariamente.

Um dos objectivos deste livro é abordar o tema do racismo, tentando de certa forma provar que este está presente no dia-a-dia de todos nós e em pequenos pormenores que nos passam ao lado. Achei a abordagem algo exagerada e “americanizada” (pelo menos tenho esperança que sim!), no entanto acabei por apreciar a relação entre as duas personagens centrais e o papel que este tema teve nela.

A maternidade é também um tema central neste livro, que achei que foi bem conseguido e comovente, muito porque nos é apresentada através da personagem principal. A Ruth é uma personagem por quem facilmente sentimos empatia, doce mas não mole, uma mulher completamente dedicada ao seu papel de mãe viúva e à sua profissão como enfermeira obstetra.

No fim, e como conclusão pessoal, a história captivou-me pelo facto de me ter levado a pensar em como é tentar olhar para o mundo do ponto de vista dos outros, e com as vivências deles. Fez-me reflectir sobre como somos todos imperfeitos.

Posso recomendar este livro como um bom companheiro nas férias, por exemplo, para uma leitura relaxante mas que ao mesmo tempo nos leva a questionar e possivelmente melhorar alguns aspectos sobre nós mesmos. Entre 0-5, dei-lhe 2,5 estrelas.

> Citação favorita

It’s exhausting, isn’t it? Trying so hard to prove that you’re better than they expect you to be?

~~~~~~~
O Lugar à Janela nas redes sociais:

FacebookInstagramPinterest * Twitter

Follow my blog with Bloglovin

3 opiniões sobre “O poder das pequenas coisas”

  1. Ando há tempos para ler esta autora e, por uma razão ou por outra, acaba sempre por ficar esquecida…
    Sinceramente não fiquei muito curiosa com este livro. Parece-me, como dizes, o tipo de livro para umas férias, para consumir facilmente…e que rapidamente se esquece depois de ter lido!
    Sucesso para a nova rubrica!

    Liked by 1 person

  2. Pelo que tenho visto é o estilo dela, mas mesmo assim são leituras que sabem bem de vez em quando… Meti-me neste porque me apetecia algo mais “feminino”. Isso cumpriu!
    Obrigada, bom fim-de-semana 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s