Norueguices

Påsken (ups)

Pasken_ups
A cidade animada, com bicicletas e trotinetes por todo o lado

Curiosidade: a palavra no título deste artigo é norueguês e significa “a Páscoa”, pronunciando-se “pósque”. Por distracção ou talvez porque agora tenho um bebé e a falta de sono não perdoa, esqueci-me de que estamos na semana da Páscoa. Não sou religiosa, apenas amante de amêndoas e ovos de chocolate, mas a preocupação não é por aí. É que, à semelhança da época de Natal, o raio deste país pára!

Desde ontem que está tudo fechado. Como me esqueci disto, não fui às compras com antecedência… Agora fico limitada a pequenas mercearias ou lojas de emigrantes, até terça-feira. Mas o facto de eu ter a despensa quase vazia não é drama, nós cá nos arranjamos. Pior é que aqui não há a tradição das amêndoas, como em Portugal! Aliás, drama – um verdadeiro ultraje! – é que eu não encontro ovos gigantes Kinder em lado nenhum. Mas afinal o que comem e fazem os noruegueses, na Páscoa?

Grande parte pega na família e vão viajar. Uns viajam para o estrangeiro e muitos outros vão para a sua hytta – cabana no bosque que qualquer família norueguesa que se preze possui (uma espécie de casa de férias). Muita inveja nessa hora daqueles que têm hytta junto a um lago, no meio da paz da natureza, e onde estarão provavelmente a comer ovos de massapão com chocolate e a ler! Dado que o tempo está maravilhoso por estes lados (presentemente mais calor que em Lisboa), poderão também dar uns mergulhos no lago.

E agora uma curiosidade para os amantes de livros. A tradição de Páscoa dos noruegueses que mais me intriga chama-se Påskekrim. Acho que só mesmo os escandinavos para se saírem com esta… Por esta altura é costume ler-se livros de crime, e surgem diversos anúncios aos últimos sucessos dos vários autores escandinavos desse género. É um género que consumo bastante, e considero as obras norueguesas/suecas que já li particularmente violentas, pelo que acho piada associar-se um hábito destes a uma época supostamente religiosa. Melhor ainda, formar-se uma palavra à custa disso que junta Páscoa e crime. As maravilhas da cultura!

Assim, se eu fosse norueguesa, estaria provavelmente a escrever isto no alpendre da minha cabana super fashion mas com aparência rústica, ao sol e sem protector solar, talvez com um copo de vinho fresco ao lado (que não teria de ser de qualidade, porque não entenderia nada disso) e um livro sangrento à minha espera. Não é uma vida má, portanto. Perdoem-me o estereótipo, mas às vezes dá jeito. 😀

Boa Páscoa!

PS: Já lávámos a “veranda”. 😛

~~~~~~~
O
Lugar à Janela nas redes sociais:
FacebookInstagramPinterest * Twitter

Follow my blog with Bloglovin

3 opiniões sobre “Påsken (ups)”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s