Pensamentos Aleatórios

O Terceiro Desejo

oterceirodesejoLAJ

Título original: Ostatnie życzenie (Polaco!) // Primeiro volume da colecção The Witcher 
Autor: Andrzej Sapkowski
Ano de publicação: 1993

> Resumo

“O seu nome é Geralt de Rivia. Dizem que é um bruxo e um assassino sem misericórdia que vagueia pelo mundo à caça de monstros e predadores. Mas na verdade vive de acordo com o seu próprio código de conduta. A sua espada serve, em troca de uma recompensa, poderosos reis amaldiçoados, mas também os mais desfavorecidos.

Ao longo das suas viagens, Geralt encontra todo o tipo de criaturas – algumas saídas da mitologia eslava e dos contos populares dos irmãos Grimm – como vampiros e lobisomens, elfos, quimeras e estriges, trolls e génios que o tentam, satisfazendo todos os seus desejos. Mas este é apenas o início das suas aventuras como viajante e feiticeiro que irá desafiar o destino num mundo em que criaturas de todas as raças coabitam numa paz precária prestes a despedaçar-se…” (fonte: Wook)

> A minha opinião

Há uns tempos atrás ofereci toda a colecção do The Witcher ao F (adora os jogos) e desde aí que ele me tentou obrigar a ler. Quase me esfregava este livro na cara diariamente, insistindo que eu ia gostar imenso. Fui adiando, porque achava que o género não era para mim, mas lá acabei por ceder… E de facto diverti-me bastante a lê-lo!

Uma leitura captivante e fluída, com personagens e enredos sólidos, que me levou de volta aos contos de fadas da infância mas com pormenores originais e muito bom humor. Pensei que seria pesado, com referências medievais, abundância de nomes estranhos e overdose de criaturas insólitas… Mas não, de todo! Quando peguei nele lia todos os dias, com gosto, até porque o livro está dividido em vários contos e é um verdadeiro prazer ir saboreando um a um. Foi um óptimo companheiro de noites de verão na varanda, depois de deitar o bebé, para desanuviar da vida real…

No fim vemos como tudo se entrelaça e damo-nos de conta que, pouco a pouco, fomos conhecendo o Geralt e os seus amigos/inimigos. De forma brilhante, até, já que nem nos apercebemos de ir assimilando tanta informação ao longo dos contos. Acabei a querer mais, e comecei logo o volume seguinte da série, mas ainda não me agarrou como este. Talvez por falta de tempo…

Conclusão: quer gostem ou não do género, O Terceiro Desejo merece ser apreciado, é fácil de ler e proporciona gargalhadas e reflexões interessantes. Recomendo!

Nota: A Netflix vai lançar em breve (Dezembro?) uma série baseada nestes livros e nos jogos que eles originaram. Não estou interessada na série mas o F vai de certeza absoluta obrigar-me a ver, portanto achei que valia a pena mencionar… Pode ser que depois venha cá falar disso, contar-vos se foi uma tortura ou um sucesso.

> Citação favorita

“You remind me, Geralt, of an old fisherman who, towards the end of his life, discovers that fish stink and the breeze from the sea makes your bones ache. Be consistent. Talking and regretting won’t get you anywhere. If I were to find that the demand for poetry had come to an end, I’d hang up my lute and become a gardener. I’d grow roses.” (Dandelion)

~~~~~~~
O Lugar à Janela nas redes sociais:

FacebookInstagramPinterest * Twitter

Follow my blog with Bloglovin

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s