Norueguices

Ironia do acaso

Durante o meu primeiro ano na Noruega aproveitei o facto da biblioteca estar “em limpezas” para ir lá buscar livros. Ainda não sabia nada da língua por isso escolhi aleatoriamente um para crianças, achando que seria mais fácil aprender assim. Quando o C. nasceu aproveitei esse livro para lhe começar a ler em norueguês.

Quis o destino (inserir música profunda) que o livro que eu escolhi fosse sobre um miúdo à procura de um gato chamado almofada. Grande parte da história consiste no miúdo a chamar o gato… O C. está numa fase de expandir o seu vocabulário (começou a falar muito cedo), e hoje resolveu repetir o nome do gato e chamar por ele também.

Acontece que almofada, em norueguês, é… pute. Que se lê… p*ta.

Moral da história: o meu filho aprendeu a dizer p*ta e fui eu que lhe ensinei!

Já sabíamos que isto ia ser engraçado, mas ouvi-lo foi diferente.
*Momento de drama e tragédia* Será que devo parar de ler o livro, porque em casa falamos português? E nesse caso o que farei, cada vez que ele quiser falar de almofadas no futuro…? Ou simplesmente aproveito-me disto para divertir/chocar familiares e afins? E, depois como lhe explico porque toda a gente se ri!?

Ser mãe no estrangeiro tem muito que se lhe diga. É que não é a única palavra norueguesa igual ao português, mas com um significado diferente e … feio… Há piores, bem piores. Nem me vou meter por aí… hoje.

Pois é, equilibrar estas duas línguas vai ser sempre um desafio. Na creche (tenho de vos falar disso) sou a mãe que “fala estranho”, às vezes os amigos dele olham para mim com um ar duvidoso… 😀 É divertido. Nunca sei muito bem se falo português ou norueguês com os miúdos, acho que nesta fase vai dar ao mesmo. Já por várias vezes pessoas de outras nacionalidades se meteram com o C. na língua deles, é natural. Com jeitinho o meu filho sai daqui sendo um génio poliglota!

Aaah a maravilhosa vida do emigrante! 🙂

13 opiniões sobre “Ironia do acaso”

  1. E com estes detalhes e aprendizagens linguísticas do cotãozinho os dia vão estando mais animados por aí. Ainda bem!
    Desejo que o pior já tenha passado e que as preocupações reveladas nos últimos posts esteja aos poucos a ser neutralizadas.

    Liked by 1 person

  2. Ah sim, com esta pulguita em casa não dá espaço para estarmos desanimados. É sempre a 1000! 🙂 e com bom humor!

    Desejo também que por aí as coisas estejam bem, dentro do possível. Bem encaminhadas, pelas estatísticas, parecem…

    beijinhos!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s