Pensamentos Aleatórios

Frango!?

Esta semana tivemos consulta com a helsesøster (enfermeira pediatra) do C. e foi dia de vacina. Quando chegou a “altura da pica” e ela chamou uma colega para pedir opinião. A questão era se deviam dar a vacina no braço ou na coxa, que tipo de agulha usar (medo) e respectivos argumentos.

Enquanto escutava a conversa – e colocava algumas perguntas para ter a certeza que entendia o que se estava a passar (…aiii meu rico bebé!) – constatei surpreendida que tinha na minha cabeça a imagem de uma caixa de frango na prateleira do supermercado.

“Frango!? Mas porquê frango?”. Pus-me a pensar e lá cheguei a uma conclusão lógica. Nunca antes tinha usado a palavra “lår” (coxa), mas já a tinha visto… no supermercado, na secção das carnes! Por algum motivo o meu amigo cérebro achou que seria útil presentear-me com aquela associação enquanto eu me esforçava (ainda que inconscientemente) para traduzir e interpretar a conversa entre as enfermeiras.

É a este ponto que as coisas chegam, na vida de uma pobre e coitada emigrante. Tive de pensar em frangos para perceber que estavam a falar da coxa do meu filho! Mais degradante que isso só o sentimento de orgulho por ter percebido/utilizado uma palavra nova… E no meio disto tudo ele lá levou “a pica” no braço – só chorou um bocadinho, não se preocupem.

Uma história que demonstra o quanto os nossos cérebros são máquinas, sempre a armazenar informação – just in case. Desenrascado, este meu cérebro.

Nota: em busca de uma imagem para este artigo, que depois resolvi não usar, lembrei-me de partilhar convosco que a empresa que distribui bens alimentícios pelas superfícies comerciais cá da terra se chama A.S.K.O. (sigla) … 😀 Pois, pois é.

6 opiniões sobre “Frango!?”

  1. O nosso cérebro é de facto fantástico mas estou a ter algumas dificuldades em fazer ligações neuronais para memorizar o vocabulário 🙈 como não consigo comparar algumas coisas com o português/inglês (quer regras gramaticais quer vocabulário), torna-se difícil para mim. Mas ontem senti o belo sentimento de conseguir traduzir/perceber uma simples frase escrita numa pedra no meio da floresta “du er god nok”. Senti-me tão orgulhosa 😅 beijinhos e obrigada pelas partilhas.

    Liked by 1 person

  2. Também és uma Portuguesa em Oslo?

    É realmente difícil, uma língua completamente diferente da nossa… Mas pouco a pouco as coisas começam a fazer sentido.

    Curioso, lembro-me de ter o mesmo sentimento há uns anos ao ver a mesma frase no bosque em Ekeberg! 😃

    Boa sorte!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s