Pensamentos Aleatórios

Lembra qualquer coisa…

Vamos passear, pela estrada fora. Pela primeira vez com um bebé (enérgico!) de um ano, o que promete ser complicado - já senti o desafio em Copenhaga e sei do que falo, com horas dentro de um carro à mistura não quero nem pensar... Como eu gosto de facilitar a minha própria vida, resolvi arriscar… Continue lendo Lembra qualquer coisa…

Norueguices

Como estamos

Perguntam-me frequentemente como estão as coisas aqui, e o que sei sobre a abertura das fronteiras. Está portanto na altura de actualizar o assunto Viver a crise na Noruega. PARECE que o mal foi contido a tempo. Quando escrevi o outro artigo estávamos bem à frente de Portugal, em termos de vítimas do coronavírus. À… Continue lendo Como estamos

Pensamentos Aleatórios

Um beco sem saída

Num final de tarde de Inverno, noite cerrada aqui no norte, caminhava pelas ruas de Oslo uma mãe portuguesa com o seu bebé no carrinho. Ela estava de licença de maternidade e tinha ido aliviar o stress das rotinas, da repetição, com um passeio para conhecer a sua nova vizinhança. Havia neve, muita neve. Encontravam-se… Continue lendo Um beco sem saída

Norueguices, Viagens

Heddal kirke (roadtrip)

Olá leitores e leitoras, como estão vocês? Parece que este ano ficamos limitados a viagens e passeios cá dentro ou pela Dinamarca, segundo as novidades mais recentes no cenário nórdico de pandemia. Hoje partilho aqui algumas fotografias e um vídeo da nossa visita à igreja de madeira de Heddal, uma das paragens da primeira roadtrip… Continue lendo Heddal kirke (roadtrip)

Pensamentos Aleatórios

Processador afinado

Gosto de ter sempre pelo menos uma janela entreaberta, mesmo no Inverno (há quem me chame maluca). Há coisa de 5 minutos estava sentada e concentrada em frente ao computador, quando o meu cérebro me mandou prestar atenção aos sons que me chegavam da rua. Não sabendo bem porquê, comecei a escutar. Aqui em frente… Continue lendo Processador afinado

Norueguices

Dugnad

Dugnad: esta palavra pode significar muita coisa e é um enorme símbolo do sentido de comunidade norueguês. Dugnad é quando várias pessoas se juntam para fazer um trabalho que no fim beneficiará todos - voluntariamente. Solidariedade! Quando a crise rebentou, o Governo pediu-nos um dugnad. Não houve Estado de Emergência, contou-se com a boa vontade… Continue lendo Dugnad