Sucesso ou fogo-de-vista?

Devo a inspiração para este tópico a um senhor chamado Alain de Botton, a outro do qual não me lembro do nome e a uma amiga com quem troquei impressões sobre o assunto. Em honra ao primeiro vou partilhar aqui a sua TED talk, sobre o segundo a minha visão pessoal das interacções que tivemos (e... Continue Reading →

Dar valor

Talvez uma das maiores lições que os últimos anos me ensinaram - a dar valor. É fácil queixarmo-nos da vida, difícil é reconhecermos as coisas boas que estão aqui todos os dias e às quais já nos habituámos e temos como garantidas. Ou mesmo reconhecermos o valor da própria vida, em que cada dia é... Continue Reading →

Oh Janeiro, espera aí!

E pronto, ele já lá vai. Bem tentei correr atrás mas não deu. Uma pessoa dá por si no novo ano e assim de repente já entrou no segundo mês... Ainda se pode classificar 2018 como um "ano novo"? Quais os prazos e etiqueta para isto? Assim como assim decidi fazer uma pequenita retrospectiva de... Continue Reading →

Janeiro e as suas surpresas

Voltemos aos pensamentos aleatórios, já que esta semana teve uma pequena surpresa para mim, e não foi nada agradável. Assim se adquirem sabedorias sobre as quais vale a pena reflectir, e até partilhar, para que caso alguém leve um soco no estômago semelhante a este saiba que não está só. Não vou contar exactamente do... Continue Reading →

Nortada

A caminho do trabalho, pelas ruas de Oslo, o vento sopra forte. É gelado e vem contra mim, empurra-me para trás como uma presença invisível mas avassaladora. O vento do Norte. Na rua há poucas pessoas, e as que aqui estão mal mostram a cara, enroladas e protegidas nos seus casacos e afins. Sei que... Continue Reading →

Origem

Para este artigo pedi um título emprestado ao Dan Brown, pois foi ele que me motivou a vir escrever. Como sabem eu sou uma ávida leitora, e livros que metem aventura, história e ciência à mistura são os meus favoritos. Para mim, outra forma de viajar. Durante a última semana do ano resolvi ler o... Continue Reading →

Vira o disco e toco o mesmo

Não sou muito de me meter em "reflexões de passagem de ano", mas como tenho o Lugar à Janela vou tentar partilhar convosco como me sinto em relação a 2017 e/ou o que espero de 2018. A vida já me ensinou que num ano cabe muita coisa, e que há sempre imprevistos que mudam tudo, não... Continue Reading →

O nosso Natal

A comida já está no forno, e as sobremesas estão feitas. A cozinha foi arrumada, e em termos de petiscos está tudo encaminhado. A mesa também já está a ficar bonita! A rádio ligada, a passar músicas de Natal, e chegou a altura de me ir aperaltar e mergulhar no espírito da noite festiva. A... Continue Reading →

Os portugueses e o frio

O frio, o maldito frio, a questão principal que os portugueses de Portugal abordam quando falam com os portugueses da Noruega (é isso e o bacalhau!). Uma questão interessante, que me dá sempre vontade de rir! Porque tem uma grande ironia associada, para nós portugueses no Norte... Aqui já lidei com temperaturas a rondar os... Continue Reading →

Um Site da Web WordPress.com.

EM CIMA ↑