Janelinha Pop-up

A licença deles

[Este artigo vem no seguimento d'A nossa licença.] Na primeira manhã da licença deles estava eu a maquilhar-me em frente ao espelho e ao meu lado as rotinas de bebé a acontecerem, sem ter de me preocupar. Enquanto reparava nisso fiz a nota mental para o escrever aqui. Havia energias positivas no ar: eles estavam… Continue reading A licença deles

Janelinha Pop-up, Norueguices

A nossa licença

Pronto, já está. Acabei agora mesmo de meter o Gustavo na cama pela última vez, durante a minha licença de maternidade. Sim, estou de lágrima no canto do olho... E o biiicho parece que percebe; nesta última semana andou a dar-me luta por tudo e por nada e hoje mal comecei a canção de embalar… Continue reading A nossa licença

Janelinha Pop-up

O drama da água

Depois de meses a contrariar a minha Mãezinha (ah!) acho que este assunto merece um artigo; até porque se eu não tivesse sido mãe na Noruega provavelmente o "drama" não existiria. Tenho uma amiga luso-canadiana que passou exactamente pela mesma "luta" e já nos rimos com isto. Mas então, de que estou eu a falar?… Continue reading O drama da água

Janelinha Pop-up, Norueguices

Meus ricos impostos

Só depois de escrever esse título, já que vim aqui parar lançada e inspirada, é que reparei na ironia da coisa. Mas vou mantê-lo, serve o propósito. Quero fazer um género de elogio aos impostos, só para quebrar um bocadinho o tom com que habitualmente se fala sobre eles. Tive o Cotãozinho num hospital público,… Continue reading Meus ricos impostos

Norueguices

Påsken (ups)

Curiosidade: a palavra no título deste artigo é norueguês e significa "a Páscoa", pronunciando-se "pósque". Por distracção ou talvez porque agora tenho um bebé e a falta de sono não perdoa, esqueci-me de que estamos na semana da Páscoa. Não sou religiosa, apenas amante de amêndoas e ovos de chocolate, mas a preocupação não é… Continue reading Påsken (ups)

Norueguices

Luz e sorrisos

Depois de inúmeros dias cinzentos e do súbito regresso da neve, hoje o céu resolveu ficar azul. Calhou bem, num dia em que tive companhia para ir dar um passeio, pois no meu estado já não me posso arriscar a andar por aí "à maluca". O Cotãozinho continua cá dentro, apesar dos vários indícios de… Continue reading Luz e sorrisos